Você exerce a vida prática com seu filho (a)? Acha que isso é importante?

A infância é uma fase inspiradora e atraente para a maioria das crianças. Após alguns anos em contato com várias crianças na minha família, entendi , após ser mãe, a real necessidade de inserir meu filho desde novo no contexto da família e na vida prática dele mesmo. Isso faz muito diferença, no seu crescimento e amadurecimento. Dá trabalho também!!!

Nos primeiros anos de vida, do nascimento até a primeira infância , aos seis anos, a tendência é a super proteção, cuidados super redobrados, e a desvalorização de acreditar na capacidade da criança , ficamos incrédulos. Com essa super proteção e relação de dependência, criamos crianças dependentes e torcemos para que na juventude consigam se tornar independentes, principalmente emocionalmente.

Após algumas leituras e estudos sobre o método montessori,especificamente sobre a vida prática, onde descobri a importância preciosa de inserir a criança desde os primeiros anos de vida, na vida familiar, com a vida prática. Me dei conta que só inserindo uma rotina, de vida prática, é que nós, pais, podemos ajudar nosso filho, desenvolver coordenação motora, coordenação visual , criatividade, imaginação e a desenvolver suas habilidades

A vida prática é tão importante quanto ser obediente, ter educação, saber esperar, entre outros aspectos. O exercício da vida prática vai beneficiar o desenvolvimento do corpo, como um todo, e do intelecto da criança, deixando-a mais segura de si, através do seu autoconhecimento. E como a criança se conhece? Experimentando, vivenciando, tocando nos objetos, por exemplo, para que assim ela consiga alcançar independência física e mental.

Já reparou que desde bebês já dizemos não para os pais? Por que será? Eles escutam toda hora os pais dizerem, não toca nisso, não joga isso no chão, não pega isso, não se molha, cuidado! Essa fase é tão importante que não damos muita importância, por falta de conhecimento. Eles estão explorando o ambiente que estão inseridos e como são curiosos, e tudo atrai , eles estão aprendendo através dos movimentos que eles fazem.

Fotos Jun 2014 096.JPG

Quando chegam aos dois ou três anos faz-se necessário, ao meu entendimento como mãe, introduzir a vida prática no cotidiano da criança para que ela possa experimentar , explorar novas sensações, ambientes atraentes para que seja desenvolvido sua curiosidade e suas habilidades.

A vida prática é permitir que a criança utilize seus leves movimentos para executar uma pequena e simples tarefa , como escovar seus próprios dentes, lavar as mãos, escovar seus cabelos, pendurar sua própria roupa na corda (que seja na altura do seu tamanho), lavar sua calcinha ou sua cueca, colocar a mesa para as refeições, se servir,  lavar e cortar frutas e verduras, isso é trabalhar, é ser inserido na vida da família. Cada uma dessas atividades atrai a atenção da criança para o novo.

atividadespraticas-4

Ao realizar essas atividades, ou trabalho, aos poucos, a criança vai ganhando confiança em si mesma, demonstrando alegria e contentamento com a atividade realizada. Assim ela se sente competente naquilo que está fazendo, tem entendimento que, o que ela faz tem um valor, e o quanto ela é importante para o meio social que está inserida. Darte-logotipo-ser-mae-novoesta forma, começam a surgir suas competências e relações interpessoais.

É importante destacar, que é preciso preparar o ambiente para que a criança consiga viver essa experiência e acima de tudo , muita calma e tranquilidade. Errar faz parte do processo de aprendizagem. O importante é persistir até acertar e a tranquilidade dos pais para saberem lidar com esse processo de aprendizagem e descobertas. É um processo necessário e prazeroso para a criança, para que se tornem jovens e adultos com autonomia e independência.

Quando a criança se sente segura, ela se torna um jovem seguro e, consequentemente, um adulto seguro. E ao longo dos anos consegue desenvolver as habilidades necessárias para se viver em sociedade como, habilidades interpessoais, habilidade de comunicação, habilidade de liderança e gerenciamento, planejamento e organização, resolução de problemas, racionalidade e criatividade, trabalho em equipe, consciência multicultural, entre outros. É enriquecedor!!!

E tão importante quanto, temos os valores que são construídas aos longo dos anos como, vontade de aprender, ir atrás das respostas, não esperar a resposta pronta, ser responsável, leal, confiável, possui autoconfiança, ter atitudes positivas, ter energia, profissionalismo, entre outros.

Com esse aprendizado, aprendi que devo acreditar mais no meu filho, na sua capacidade de se auto descobrir, dar a ele a chance de formar suas habilidades, talentos e seus valores. E acreditar em mim , na minha família, pois onde existe amor, companheirismo, respeito, dedicação e confiança , sempre há um novo assunto para aprender e de se empenhar para fazê-lo.

Gostou?

Comente aqui a sua experiência.

Será muito bem vinda essa troca.

Conto com você! Até a próxima!!!

Já conhece o site da Loja Ser Mãe, brinquedos educativos? Te convido para conhecer www.lojasermae.com.br

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s