Por que o choro do bebê incomoda tanto?

Está cada vez mais em evidência o quanto as pessoas estão intolerantes e indiferentes com o seu mundo social, principalmente no que diz respeito às crianças. Muito se fala que devemos respeitar o direito do outro, respeitar as diferenças. Mas como fica o direito da criança e do bebê de se alimentar, de chorar e de brincar em local público, onde está? Por que incomoda tanto? Será que o problema está no bebê ou criança , ou está no adulto que está cada vez mais egocêntrico, sem paciência e sem empatia?

Quando tive meu filho, nós, eu e meu marido, optamos em sair com nosso filho em lugares públicos após ter dado as primeiras doses das vacinas que a Pediatra indicou conforme a orientação do Ministério da Saúde. Durante esses quatro meses , fiquei em casa com ele direto. Na verdade, só fui na minha obstetra tirar os pontos , quinze dias depois do nascimento dele.

Nesses primeiros meses são de pura conexão entre mãe e filho, pai e filho. Por mais que o amamos com todas as nossas forças, estamos nos conhecendo e o bebê ainda está passando por um processo de amadurecimento , em todos os sentidos. Portanto, calma, paciência, dedicação integral, fazem parte desse processo de desenvolvimento de um bebê, de uma mãe e de um pai. É tudo novo!

Falando, aqui nesse post, especificamente do choro, fiz uma pesquisa e verifiquei que o som do choro foi eleito o som mais irritante do mundo. Eu não acreditei. Será mesmo?

O choro de um bebê é a forma de comunicação do bebê com o seu mundo exterior, ele quer avisar que tem alguma coisa que não está lhe agradando, pode ser choro de fome, de sede, de frio, de fralda suja (xixi ou coco, ou os dois), de cólica, de cansado, de sono, alguma coisa não está bem, ou simplesmente é o desejo de um carinho, de se sentir protegido. E nós , adultos, precisamos estar com o olhar atento e observando todo tempo o nosso filho, pois ele emite sons e sinais através do corpo.

8e9af-colica

                                                                                         Foto Pinterest

Percebo então que o choro do bebê se dá por diversas causas, e que preciso ir eliminando uma por vez, agindo de forma diferente para cada causa. Com o tempo vou conhecendo-o melhor e só de observá-lo vou direto resolver o problema. Nós adultos, ficamos tenso na rua com medo de incomodar os outros com o choro. Mas percebi que cada vez que eu ficava tensa, mas nervoso meu bebê ficava, então isso não ajuda, só atrapalha. Manter a calma , nesses momentos, é a melhor opção.

O choro do bebê não pode ser encarado como um problema, um incômodo para os outros, o choro é um alerta para os pais, tipo assim, “olha para mim mãe, olha para mim pai”. Ainda tem o dilema da gente achar que o nosso filho chora mais que o do outro. Não é bem assim, né?!! Cada um tem sua experiência, sua vivência com essa nova realidade.

Eu não passei por nenhum constrangimento com meu primeiro filho em local público, até porque evitava sair sozinha, estava sempre acompanhada e isso acho que inibe um pouco. Mas sei e leio sobre matérias relacionadas a esses tipos de constrangimentos que alguma mães passaram por essa desaprovação por adultos estressados e sem empatia. Até parece que a mãe é a culpada, que faz de propósito. Mas nós mães, sabemos que não é assim.

crianca-birra-choro-1482155124945_v2_900x506   20120214-121658                                                                                                           Fotos:  Google Imagens

O mesmo acontece com o choro da criança mais maiorzinha. Tem que ter muita calma e tranquilidade. O choro é uma forma de expressar seu sentimento, ela pode estar triste, aborrecida, cansada, agitada, e não sabe ainda lidar com as emoções. Nós, pais, precisamos ajudá-las e não ficar reprimindo suas emoções. Unidos somos mais fortes!

Tem a famosa frase que eu gosto muito e sempre reflito sobre ela. “Que mundo queremos deixar para nossos filhos. E que filhos queremos deixar para o mundo!!!”. O mundo precisa de mais amor, respeito, empatia, compartilhamento e compaixão!

A Loja Ser Mãe, está com um projeto em promover um almoço em família com recreação infantil.

As famílias devem e merecem ter um momento exclusivo para compartilhar momentos, reforçar o vínculo familiar em um evento onde se reúna tudo isso em um mesmo local, criado com muito amor para que a família brasileira se sinta valorizada, nos tempos atuais.

Caso tenha interesse em participar do evento que estamos preparando para o 2º semestre deste ano, preencha o formulário que entraremos em contato.

Até a próxima!!!

Gostou ?

Comente aqui embaixo!

acerte-o-lance

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s